Empresas incubadas pela Pime buscam o desenvolvimento sustentável alinhadas aos ODS da ONU

Postado por: Danillo Raniery Gomes de Carvalho

O primeiro passo para a preservação e continuidade da vida no Planeta Terra é a adequação de alguns hábitos que foram construídos ao longo dos anos e que se mostraram causadores de grandes problemas ambientais – por exemplo, a queima de combustíveis fósseis, como petróleo, gás natural e carvão. A emissão descontrolada de CO2 é a principal responsável pelo desequilíbrio do efeito estufa e do aquecimento global.

Dessa forma, tanto as empresas privadas quanto os órgãos públicos têm buscado alternativas a fim de se adaptarem à nova realidade mundial, onde as atividades e os métodos produtivos sejam mais sustentáveis e menos poluentes. Levando em consideração o compromisso de incentivar o desenvolvimento sustentável e formar cidadãos conscientes, a UFMS instituiu o Programa UFMS CARBONO ZERO, que tem como finalidade aferir, mitigar e sensibilizar toda a comunidade universitária para a redução da emissão de GEE. Com a instituição desse programa, a UFMS implementa políticas e medidas para contribuir com a preservação socioambiental.

A Pantanal Incubadora Mista de Empresas (PIME), vinculada a Agência de Desenvolvimento, Inovação e Relações Internacionais (AGINOVA), possui 8 empresas no programa de incubação. Elas apresentam como diferencial, além da inovação, a preocupação com o meio ambiente ecologicamente equilibrado. Nesse sentido, as empresas incubadas possuem como princípio o desenvolvimento sustentável, e desse modo, têm suas metas e ações voltadas para redução dos impactos ambientais de seus produtos e serviços. Outra responsabilidade das empresas incubadas pela PIME é quanto ao alinhamento das estratégias empresariais em atendimento aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU.

Entre as empresas incubadas, a PIME conta com a Labmol Vet, que realiza testes sorológicos em animais, domésticos ou não, e atende aos ODS: 3, 8, 9, 12, 15 e 17. O Labmol Vet não produz emissão de carbono e todos resíduos gerados pela empresa recebem adequado tratamento de acordo com as preconizações legais atendidas pela UFMS.

A empresa Escola em Foco realiza a cobertura e produção audiovisual de crianças dentro das escolas e atende aos ODS: 3, 4, 5, 8, 10, 12 e 16. Dentre os ODS atendidos pela empresa, o objetivo relacionado à igualdade de gênero encontra-se bastante presente, tendo em vista que a maioria dos integrantes da Escola em Foco são mulheres, que viram na oportunidade de empreender a possibilidade de conquistar sua independência financeira. A empresa optou também por uma abordagem usando produções realizadas por variadas identidades de gênero, incluindo diversidade em todo o programa educacional.

Outras duas empresas incubadas pela PIME são a Eng Soluções Tecnológicas e a ENG Energia. Elas são empresas que desenvolvem soluções para a área de energia, sendo que uma delas possui um contrato de Pesquisa e Desenvolvimento com a concessionária de energia do estado de Mato Grosso do Sul, a Energisa. Ambas as empresas incubadas atendem aos ODS: 8, 9, 11, 12 e 17, e realizam o devido tratamento dos gases emitidos.

A D-modulo é uma empresa de design e tecnologia que busca simplificar e tornar sustentável o processo de construir, através de sistemas modulares pré-fabricados digitalmente com o uso de materiais de fonte renovável, como a madeira de reflorestamento. A sustentabilidade é uma das propostas de valor dos produtos da empresa, que geram impactos ambientais positivos e colaboram, principalmente, com os seguintes objetivos: ODS 11, na capacidade de projetar construções mais seguras, adequadas e a preços acessíveis, por meio de ferramentas de planejamento e de integração de processos e tecnologias na área da construção civil; ODS 12, a partir de metodologias de desenvolvimento de produtos dedicadas a gerir e tornar eficiente o uso dos recursos naturais necessários; e ODS 13, fazendo o uso de materiais de fontes renováveis e contribuindo para a redução da emissão de gases de efeito estufa. O uso da madeira de reflorestamento, por exemplo, contribui diretamente para a manutenção das florestas, que absorvem o gás carbônico (CO2) e liberam oxigênio (O2).

A Indext desenvolve soluções tecnológicas para a pecuária que auxiliam o produtor a melhorar a produtividade e reduzir os custos de produção. Uma das soluções de monitoramento bovino permite ao produtor acompanhar o estado de saúde do rebanho, podendo incentivá-lo na adoção de ambientes que forneçam maior bem-estar aos animais ao mesmo tempo que diminuem a emissão de carbono da atividade. A Indext implementa o ODS 9 – Indústria, inovação e infraestrutura.

A Sobios é uma startup incubada pela PIME que realiza a criopreservação e fornecimento de células tronco para animais e a criopreservação para humanos. É a primeira empresa de terapia celular e medicina regenerativa do Mato Grosso do Sul. Destarte, o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 3 – Saúde e bem-estar –  é implementado pela Sobios.

A Damine é uma empresa de inteligência artificial aplicada a agricultura de precisão, qualidade da carne e setor elétrico que oferece soluções otimizadas em tempo real de controle de pragas, de patrimônio, de qualidade e da continuidade dos sistemas. Ser sustentável é a proposta dos serviços da Damine, pois as soluções oferecem agricultura sustentável (ODS 2), com a otimização dos recursos a serem empregados (ODS 12) no controle de pragas do setor agro (ODS 15) com tecnologias científicas e acadêmicas (ODS 4) sendo implementadas no mercado, o que oferecem às cidades e às comunidades alto nível de qualidade dos seus produtos (ODS 11) e sempre inova com aplicações robóticas de veículos aéreos não tripulados (ODS 9), utilizando energia renovável (ODS 7) em todos os equipamentos.

Como foi possível perceber, as empresas incubadas pela PIME possuem como estratégia de negócios a identificação de oportunidades inovadoras que estejam alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, agregando, assim, valor à empresa perante os stakeholders e aumentando a atração de investidores e possibilidade de crédito. Portanto, nota-se que esse alinhamento é a base para a estratégia global de sustentabilidade e inovação.

Texto: Evelyn Espíndola Cabral Rezende