#NoMercado – Pedagogia

Postado por: geovanna

O pedagogo é conhecido como o profissional que está presente somente em escolas atuando como educador, mas ele pode trabalhar em muitas áreas e instituições públicas e privadas. Atualmente, os cursos de pedagogia são mais abrangentes. Segundo as novas diretrizes do governo federal, o currículo dos cursos de hoje devem ser direcionados a formar professores para os níveis de Educação Infantil, Educação Fundamental I e para a área de gestão de instituições de ensino.

A Árvore Educação, startup especializada em conteúdo para atividades pedagógicas, foi selecionada pela MSW Capital para compor o portfólio do fundo BR Startups. A edtech receberá do fundo R$ 2,5 milhões. A Árvore Educação é o resultado da recente fusão entre as startups Árvore de Livros e Guten. Criada em 2014 por João Leal, a Árvore de Livros é uma plataforma de leitura digital para alunos dos ensinos fundamental e médio, que disponibiliza mais de 30 mil títulos, entre livros, jornais e revistas do mundo todo. A solução atende atualmente 140 mil estudantes cadastrados e mantém parceria com 600 editoras do país. Já a Guten, criada por Danielle Brants, também fundada em 2014, é especializada na produção de conteúdo semanal voltado para temas relacionados a atualidades e utilizados em atividades pedagógicas. O objetivo da ferramenta é desenvolver visão crítica, estimular o conhecimento e ampliar o repertório cultural dos alunos.

“O que nos motivou nesse processo de fusão é a complementaridade das duas plataformas. Os dados gerados pela plataforma permitem que os professores façam uma melhor avaliação de proficiência na leitura dos alunos e de temas que despertam mais interesses específicos. Isso tende a trazer mais eficiência no processo pedagógico desenvolvido pelos professores”, diz João Leal, fundador da Árvore de Livros.

Fonte: http://lnk.ufms.br/xpw2d e http://lnk.ufms.br/otQAd